DOS DIÁLOGOS INFORMAIS - 20

20

— Foi o Ricardo que falou...
— O Ricardo? Como é que ele inventa uma coisa dessas...
— Não sei, foi o que ele falou... E tem gente comentando...
— Gente? Que gente?
— Ouvi uma amiga sua dizendo que era uma vergonha o que você tinha feito com o Zélio...
— Como é que o Ricardo inventa uma coisa dessas... Eu nunca peguei dinheiro emprestado com o Zélio! E se pegasse — coisa que nunca aconteceu — eu pagaria. O Zélio é meu amigo!
— Foi o Ricardo que falou...
— Mas que fofoqueiro...!
— E estão comentando por aí que o Zélio está puto com você...
— O Zélio sabe que eu nuca peguei o dinheiro dele.
— Não por isso...
— Não?
— É porque você ficou com a mulher dele...
— O quê?!
— Foi o Ricardo que falou...
— Mas eu nunca fiquei com ela! Não ficaria nem que ela quisesse, o que nem de longe aconteceu! Você acha que eu ia aprontar uma coisa dessas com meu melhor amigo?
— O Zélio quase terminou com ela...
— Como é que você sabe disso?
— Foi o Ricardo que falou...
— Já entendi o que está acontecendo...
— O que é?
— Diferente do Ricardo, eu não gosto de fofoca. Deixa que eu me entendo com o Zélio...
— Mas o que você entendeu que eu não estou entendendo?
— Eu entendi qual é a do Ricardo.
— E qual é? Eu não contei tudo ainda...
— Tem mais?
— Tem.
— O quê?
— Eu conto, mas você me conta qual é a do Ricardo... Disse que você e o Zélio têm um caso...
— O quê?!
— Foi o Ricardo que falou...
— Tá bom, eu vou contar. O Ricardo cantou o Zélio. E o Zélio deu um chega pra lá nele, você sabe, essa não é a do Zélio.
— O Ricardo é gay?!
— É. E fez a maior declaração de amor pro Zélio. Então eu acho que ele está querendo se vingar do Zélio, ou fazer o Zélio se separar da mulher, sei lá o que se passa na cabeça dele...
— Mas por que ele inventou essas histórias sobre você?
— Acho que ele tem ciúme da minha amizade com o Zélio, sei lá...
— Então o Ricardo é gay...
— Ser gay ou não ser gay é escolha dele e eu não tenho nada com isso. Agora, ser maledicente comigo, aí sim é problema.
— O Ricardo é gay, veja só!...
— Olha, eu não queria contar porque eu acho que essa é questão dele. Ele que assuma na hora que quiser. Por isso peço pra você não ficar contando por aí...
— Agora entendi...
— O quê?
— O Ricardo falou que o Zélio seria amigo dele custe o que custar. Mas isso eu ia contar pro Zélio. E que o Zélio ia entender por que você não era um amigo pra ele.
— Ele disse isso?

— Foi o que o Ricardo falou... 

3 comentários :

  1. Na boa:
    Se eu fosse você, ficaria longe desse Ricardo. E desse Zélio também. Porque se o Zélio acredita mais no Ricardo do que em você, é porque ele é mais amigo do Ricardo do que de você.

    ResponderExcluir
  2. Bela discussão... conversas sempre andam para diversas direções. Você soube ilustrar muito bem este fenômeno. Abrs

    ResponderExcluir